Eixo Câncer - Capricórnio


No eixo Câncer – Capricórnio temos a qualidade cardinal se expressando através dos elementos água e terra. A qualidade cardinal é uma qualidade instintiva em todos nós! Se pensarmos que a energia de câncer é relacionada à amamentação, à nutrição, ao colo, ao vínculo familiar, perceberemos que a energia de câncer é, de fato, uma energia instintiva e natural (não precisamos pensar para atuar nessa energia!), e podemos percebê-la não só em nós seres humanos como em todos os mamíferos e animais da natureza.


Assim como a energia de Capricórnio também é uma energia instintiva e intrínseca ao raciocínio humano! Por exemplo o desenvolvimento instintivo do esqueleto humano, nosso instinto automático para construir nossas moradias que também podemos observar nos animais, como por exemplo as abelhas, o pica-pau, o cupim, o caramujo entre tantos outros animais que buscam sua proteção estrutural em si mesmos ou constroem esses locais de abrigo fora.


A energia de Câncer é uma energia do elemento água, ligada às memórias da infância, ao campo emocional lunar, ao vínculo familiar, à toda nutrição que vem do útero materno, do acolhimento do lar e do colo de mãe. Já a energia de Capricórnio é uma energia do elemento terra, ligado à racionalidade, ao compromisso e trabalho à longo prazo, ganho de estrutura e maturidade, e está vinculada ao nosso “ir para o mundo”.






Pessoas com forte ênfase no signo de CÂNCER:


Distorções: Podem ser extremamente emotivas, identificadas com as suas emoções, memórias e histórias ligadas à infância, podendo estar muito conectadas com sua criança ferida e desnutrida. Podem ferir e serem feridas com facilidade, por estarem muito movidas pela dor e emoção. Possuem memórias vívidas da infância e são muito apegadas às histórias do passado. Ficam sempre num movimento nostálgico de cada detalhe do que passou, vivenciando os aspectos do ontem como se fosse hoje. E dependendo do que exista nessas memórias, as dores se mantém presentes, fortalecendo ainda mais a história do que passou. Na desconexão, podem ir para o mundo de maneira melindrosa, numa postura de vitimismo com a vida, por sentirem que faltou nutrição no passado, podem atuar nas relações de maneira manipuladora em busca de atenção e amor.


Podem também apresentar dificuldades em lidar com as questões estruturais e práticas da vida, principalmente se a inocência foi corrompida. Podem ter dificuldades com questões éticas e morais da sociedade. Na distorção, a energia de Câncer vai ao mundo sem auto responsabilidade pelos acontecimentos da vida, ficam infantilizados e sem estrutura para se comprometer com a vida e tomar decisões importantes, levam a vida numa super identificação emocional e flutuação de humor, dramatizando os acontecimentos da vida.


Na luz: A energia canceriana integrou as vibrações mais altas relacionadas à maturidade e à auto responsabilidade da energia capricorniana, revisitou sua história da infância, a relação de pertencimento e nutrição com seus pais e agora pode conduzir e absorver a vida numa perspectiva muito mais madura emocionalmente.


Na luz, a energia canceriana se conecta com seu lado instintivo e generoso, sabe da importância da gravidez, parto, maternidade, infância, acolhimento, carinho, expressa suas emoções de forma madura e não deixa as histórias do passado interferirem nas decisões do presente. Nas mais altas vibrações, integram seu lado prático, responsável e comprometido com a vida, respeitam e reverenciam suas raízes, histórias e ancestralidade, se conectam com a energia feminina receptiva, intuitiva e doadora e fluem dentro da estabilidade terrena. Nos níveis mais elevados, a energia equilibrada de câncer se conectou com a autonutrição, perdoou e ressignificou sua relação com seus pais e principalmente com sua mãe, percebendo que a verdadeira nutrição vem do acolhimento de si mesmo através do auto-amor, reverenciando a nutrição, guiança e conexão que vem da Grande Mãe (Terra), reconhecendo que existe nutrição, acolhimento e estabilidade de maneira generosa e abundante para todos, sempre!

REFLEXÕES DO SIGNO DE CÂNCER:

Como são suas memórias da infância?

• As histórias que você conta da sua infância te ajudam ou te atrapalham?

• Você ama a sua mãe? Honra-a por cada gota de leite materno que ela te deu?

• Você honra a nutrição, valores familiares que seus pais te deram?

• Você se sente pertencente ao seu núcleo familiar?

• Sente que seus pais foram amorosos com você?

• Sente que eles fizeram o melhor que puderam?

• De que maneira você busca a nutrição? Você se nutre?

• Você se sente pertencente aos locais e grupos que você participa?

• Você gosta de pertencer a você? Você se sente confortável no seu corpo? De que forma você nutre suas células?

• O que te nutre verdadeiramente?








Pessoas com forte ênfase no signo de CAPRICÓRNIO:

Distorções: A energia capricorniana pode estar excessivamente racional, tradicionalista e moralista diante da vida. Lida com a vida de uma maneira muito ressecada, pois na desconexão, está escondendo suas emoções do mundo. Pode estar vendo a vida como olhos pessimistas “o mundo não é fácil”, “dinheiro não dá em árvore”, “não existe sorte, existe trabalho” entre outras crenças limitantes.


Na distorção, essa energia se esforça e se sobrecarrega muito para conquistar as coisas! Podem sentir dores estruturais pelo corpo, como por exemplo: nas costas, nos joelhos e nos ossos em geral, pois se comprometem demais e se autopenalizam demais! No fundo, estão assim porque estão com a energia de câncer distorcidas dentro de si: não se sentem nutridas, amadas e pertencentes o suficiente. Estão sérios, sisudos, tristes e fatalistas porque na infância algo se rompeu: talvez não houve a permissão dos pais para brincar e ser criança, talvez tenham vivenciado desafios familiares desde muito cedo que o obrigaram a amadurecer com urgência ou o próprio senso de merecimento, acolhimento e pertencimento foi rompido.

A energia capricorniana, na distorção, pode ser uma energia encarceradora de si mesma, pois a visão pessimista que temos do mundo é como um pai severo interno que nos impõe limites, demandas e obrigações.



Na luz: A energia capricorniana integra sua capacidade de materialização, obstinação, realização e comprometimento com a vida sem deixar que a racionalidade e a secura emocional dominem. Com maturidade e sabedoria, integra os aprendizados da infância sem se identificar com as histórias da infância, não deixando que o passado guie o futuro. Já olhou, perdoou, ressignificou e integrou o amor que recebeu dos seus pais, restituindo sua integridade e seu senso de pertencimento, acolhimento e nutrição. Já numa visão sábia, percebe que todos os acontecimentos da vida lhe proporcionaram sabedoria e as condições necessárias para se alinhar com o cumprimento de sua missão de vida. Aceita a guiança da vida como mestra, lidando com cada desafio como uma oportunidade para ganhar mais aprendizados e sabedoria.


Nas mais altas vibrações, a energia de Capricórnio se estrutura na vida de maneira equilibrada, reconhecendo e integrando a importância de seus pais, da família e das emoções em sua vida. Entende que as emoções podem e devem fluir livremente, e que isso não é sinal de fraqueza, ao contrário, elas purificam a alma e nutrem suas terras antes ressecadas, proporcionando ainda mais fertilidade em seus projetos, materialização e realização aqui na terra.


Compreendem que a vida não é, e não precisa ser tão dura assim. Que sua visão de mundo pode ser ressignificada quando se sentem nutridos. Percebem que a verdadeira nutrição vem da autonutrição e do autoamor, e que não importa o que tenha acontecido lá atrás, a desnutrição pode ser ressignificada e corrigida quando o medo se torna amor. E, num estado amoroso de autocuidado, se colocam em posições mais amorosas e cuidadosas consigo mesmas e com os outros. Percebem que o encarceramento e a sobrecarga de trabalho nos quais se colocavam antes eram muito mais uma exigência interna do que externa dos pais terrenos. Assim, equilibram suas vidas com o fazer e o sentir.


REFLEXÕES DO SIGNO DE CAPRICÓRNIO:

• De que maneira você vai para o mundo? Firme? Perseverante? Ético?

• Com o que você é comprometido? Com o que você não é comprometido?

• Você tem problemas estruturais? Quais? Já olhou com sabedoria para compreender o porquê eles estarem acontecendo na sua vida?

• Você tem dores nas costas, dentes e joelhos?

• O que você veio realizar neste mundo? O que te impede de realizar?

• De que maneira você integra a racionalidade no seu dia a dia?

• De que maneira você integra a sabedoria na sua vida?

• Você tem medo do mundo? Tem medo de se comprometer?

• Qual a sua relação com o seu pai? Já curou, perdoou, integrou sua relação com ele?


GOSTOU? Se inspire e compartilhe.




1 visualização

2020 © Rafa Cósmica

Quer receber minha newsletter com conteúdos exclusivos sobre Astrologia? Só deixar seu e-mail aqui!
  • Instagram
  • Telegram
  • WhatsApp
  • Facebook ícone social
  • Spotify
  • YouTube
  • DEEZER